Dicas de Luiz Guida Animal para evoluir no stand up paddle

Dicas de Luiz Guida Animal para evoluir no stand up paddle

Fui na Board House, loja de pranchas na Vila Madalena, numa quinta-feira especial há algumas semanas: quem estava recebendo os clientes naquele dia era um dos atletas da casa, Luiz Carlos Guida, o Animal. Para quem não conhece, o Animal é simplesmente um dos melhores remadores de stand up paddle do Brasil, premiado em diversas competições nacionais e internacionais de SUP Race. Acima de tudo, o cara é super simpático e tem boas dicas pra dar – e dicas de mestre a gente não desperdiça.

Bati um papo com ele para pegar alguns conselhos sobre pranchas e, depois, aproveitei para pedir dicas para melhorar no stand up. Como ir um pouco mais longe ou um pouco mais rápido a cada dia? A resposta é simples, mas vale seguir à risca.

“Além de muito treino, o principal é aproveitar o máximo cada remada“. E como fazer? A dica é pegar a água bem lá na frente, fazer o giro do corpo acompanhando a remada e, o mais importante, remar com o core (região do abdômen e lombar). Concentrando a força só nos braços, você se cansa logo e não anda tanto.

Para quando estiver fora d´água, a dica do Animal é justamente fortalecer o core. “Ele que dá estrutura pra segurar o corpo inteiro. Se você tiver essa parte forte, vai conseguir ter uma performance muito melhor”. E aí o lance é fazer exercícios que trabalham a musculatura do corpo todo, ao invés de exercícios que trabalham músculos isolados (como se faz geralmente em academia). “O ideal é ter bastante músculo envolvido no mesmo exercício e fazer sempre pensando em fortalecer o abdômen ao mesmo tempo, contraindo a região.”

Então vale caprichar em exercícios como flexão, abdominal, barra paralela (se não conseguir fazer sozinho, pode pedir a ajuda de alguém ou prender um elástico no joelho e na barra pra facilitar) e abdominal prancha. Se estiver levando o stand up bem a sério, uma boa é procurar um treinamento funcional (o Animal faz três vezes por semana).

Anotou aí? Então bora aproveitar bem a remada e fortalecer esse core. Valeu pelas dicas, Animal!

Thaís Viveiro

Thaís Viveiro é jornalista e praticante de stand up paddle. Está sempre atrás de dicas e experiências para evoluir na arte de remar em pé. Costuma remar no litoral norte de São Paulo.

  •  Ver todos os posts