Dicas para melhorar a remada no stand up paddle

Aprender a subir na prancha e sair remando é fácil. Mas, para um passeio ou treino de SUP mais agradável, é importante prestar atenção em cada movimento. Uma remada boa significa melhor desempenho, menos cansaço e ajuda a evitar lesões.

Na busca da remada perfeita, pedi algumas dicas para o professor de educação física Maikon Liporini, instrutor de stand up paddle da Mau Loa SUP. Compartilho os macetes que o Maikon me passou aqui abaixo (com direito a ilustrações minhas tsc tsc):

Dicas para melhorar a remada no stand up paddle 1_WeSUP1. Tamanho do remo
Antes da remada propriamente dita, escolha bem o remo. É importante usar um remo adequado ao seu tamanho. Uma boa opção são os remos ajustáveis, mas, se você quer competir, é bom ter um remo cortado para a sua altura. E qual é a altura do remo? Fique em pé e estenda o braço – o final do remo (manopla) deve bater na sua articulação do punho. Remos de carbono são ótimos, pois são mais leves e vão ajudar no desempenho.



passo2_final22. Pegada do remo
Para acertar a sua pegada, segure o remo com uma mão na manopla e coloque o remo acima da cabeça.  A outra mão vai um pouco abaixo da primeira, de forma que, nessa posição, exista uma ângulo de 90º nos cotovelos. Você pode fazer uma marca no remo nesse ponto onde vai a segunda mão para facilitar na hora de trocar o remo de lado durante a remada.


passo3_final23. Aproveite a remada
Quando começar a remada, coloque a pá do remo ao lado da prancha o mais para frente que conseguir. Assim o movimento vai render mais. Faça uma pequena rotação do quadril para o lado em que está o remo e acompanhe a remada com o corpo.




passo4_final24. O que não fazer
A mão que está na manopla empurra o remo para frente e a outra mão puxa o remo. Um erro comum é usar apenas uma das mãos para realizar a força. Para evitar dores e lesões nos ombros, a mão que segura a manopla não deve ultrapassar a linha dos olhos.



passo55. Duração da remada
Tire o remo da água logo que ele chegar ao lado do quadril. Ao ultrapassar essa linha, ele começa a frear o movimento. Ou seja, você vai se cansar mais e andar menos.




passo66. Como lidar com o vento
Em dias de vento forte, facilite a sua vida. Para voltar à posição inicial, o remo deve cortar o vento. A pá deve sair rente à água e deitada para diminuir o atrito com o vento.



E você? Quais são os seus truques de remada?

Thaís Viveiro

Thaís Viveiro é jornalista e praticante de stand up paddle. Está sempre atrás de dicas e experiências para evoluir na arte de remar em pé. Costuma remar no litoral norte de São Paulo.

  •  Ver todos os posts